Como armazenar dálias adequadamente após cavar

Como armazenar dálias adequadamente após cavar


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Freqüentemente, os proprietários de casas de campo cultivam dálias para decorar o local. Este gênero de plantas com flores inclui 42 espécies e mais de 15.000 variedades diferentes. Todas as cores da natureza podem ser vistas nos botões dessas belas representantes da flora. Dependendo da variedade, as dálias podem ser anuais ou perenes. As plantas perenes, nativas do México, são termofílicas e nem sempre conseguem sobreviver ao inverno em condições climáticas domésticas. Por isso, tendo decidido cultivar flores perenes no seu sítio, você precisa saber como guardar as dálias no inverno, para que com a chegada da nova estação elas voltem a se deliciar com seus belos botões exuberantes.

Características do sistema radicular das dálias

As dálias têm um sistema radicular bastante complexo. Consiste em raízes espessas, chamadas tubérculos de armazenamento, e raízes finas que fornecem nutrientes para esses mesmos tubérculos. Durante o período de crescimento da planta, os tubérculos aumentam de volume, acumulando os nutrientes necessários e, durante o armazenamento no inverno, mantêm sua viabilidade. Cada tubérculo engrossado pode viver por 3-4 anos. Ao mesmo tempo, tubérculos menos saturados e raízes finas morrem durante o período de armazenamento no inverno.

As raízes das dálias termofílicas são desenterradas para o inverno e armazenadas em condições favoráveis ​​até o início da primavera. No entanto, é preciso entender que a gema do crescimento dos novos brotos da próxima temporada não está nas próprias raízes, mas na parte inferior dos brotos do ano passado, portanto, ao cortar o mato no outono, é necessário deixar um pequeno rebento das hastes.

Como preparar tubérculos para armazenamento

Várias variedades de dálias podem deliciá-lo com a beleza de suas flores na primavera, verão ou outono. Porém, a exuberante massa verde de uma planta com a chegada da primeira geada sempre perde sua elasticidade e estética. As folhas ficam pretas, murchas. Era nessa época, sem esperar fortes geadas, que arrancavam as raízes das dálias para armazenamento posterior.

Importante! Na parte central da Rússia, recomenda-se escavar dálias no final de setembro - início de outubro.

É necessário retirar as raízes das dálias do canteiro quando a temperatura do ar estiver acima de zero. Você deve primeiro cortar o arbusto da planta, deixando 10-15 cm de brotos. O procedimento de escavação deve ser realizado com muito cuidado para não danificar os frágeis tubérculos das dálias. Para fazer isso, primeiro cave o colo da raiz e, em seguida, os próprios tubérculos ao redor do perímetro, a uma distância de 20-30 cm do colo.

No outono, antes de armazenar, a raiz da dália é dividida. No próximo ano, será possível obter um arbusto com flor de uma parte que consiste em pelo menos um tubérculo e um rebento com botão de crescimento. Após a divisão, as raízes das dálias são examinadas em busca de danos, manchas de putrefação. Todas as áreas suspeitas na superfície dos tubérculos devem ser removidas. Remova também a parte superior do caule esquerdo até o botão de crescimento e raízes finas.

As raízes da dália devem ser tratadas com solução de manganês ou fungicida ("Maxim", "Fundazol") antes de serem armazenadas. Para isso, os tubérculos são lavados com água limpa e imersos, por exemplo, em solução de permanganato de potássio a 1% por 10 minutos. Após o processamento, são completamente secos. A temperatura de secagem recomendada é 150C, duração de 2 a 10 horas.

Importante! Durante a secagem, recomenda-se virar as raízes de cabeça para baixo com os brotos cortados, para que toda a umidade da cavidade dos caules seja vidro.

Condições ideais de armazenamento

Para entender como armazenar adequadamente as dálias no inverno, você precisa se familiarizar com as condições em que as raízes retêm sua vitalidade. Assim, para armazenar dálias no inverno, é necessário determinar um local em que haverá uma temperatura fria estável dentro de + 3 ... + 70C. O nível de umidade não deve exceder 60-70%. Em casas particulares, essas condições podem ser criadas na adega, porão. Uma varanda isolada pode ser adaptada para armazenar tubérculos de dália em um apartamento.

Para a segurança dos tubérculos de dália durante o armazenamento no inverno, eles são colocados em sacos, caixas ou outros recipientes. Além disso, os tubérculos são borrifados com material não higroscópico, por exemplo, areia. Os métodos de armazenamento mais comumente usados ​​para raízes de dália são detalhados abaixo.

Métodos de armazenamento

Armazenar dálias após a escavação não é problemático se os tubérculos foram preparados corretamente. As raízes secas, desinfetadas com um agente anti-séptico, ficam bem armazenadas em condições de baixa temperatura e umidade. As flutuações de temperatura podem causar a germinação prematura dos botões, o que pode levar à morte ou deterioração da qualidade do material de plantio. Também é importante lembrar que apenas tubérculos maduros podem ser armazenados para armazenamento. Se você desenterrar as raízes antes da chegada da geada, sua qualidade de conservação será baixa.

Em residências particulares, é fácil encontrar um local para guardar dálias. Como regra, você pode encontrar um canto isolado na adega com a temperatura e umidade necessárias. Nesse caso, as raízes podem simplesmente ser colocadas em um recipiente de papelão ou madeira e, com a chegada da primavera, retirar o recipiente da adega e plantar as raízes no solo. Se não houver tais condições, é necessário cuidar da presença de um filler nos recipientes, que protegerá os tubérculos de baixas temperaturas e oscilações de umidade. Você pode descobrir mais sobre como usar os métodos mais acessíveis para armazenar raízes abaixo.

Na areia

Muitos proprietários de casas de campo preferem armazenar bulbos de dália na areia. Este material não absorve umidade nem empobrece tubérculos. Para armazenar tubérculos, os recipientes são preenchidos com areia. Podem ser caixas de plástico ou madeira, baldes com volume de 20 litros. Os tubérculos de dália são colocados na areia em uma ou mais fileiras. O contêiner de armazenamento é coberto com estopa e baixado para o porão ou porão. Num apartamento, pode ser colocado num corredor frio ou, por exemplo, na porta de uma varanda.

Durante o armazenamento, você pode verificar periodicamente a condição das raízes. Nesse caso, em nenhum caso a areia deve ser umedecida, pois isso pode levar ao apodrecimento das raízes. A peculiaridade desse método de armazenamento é o despertar precoce dos tubérculos. Para evitar a germinação prematura, é necessário reduzir a temperatura de armazenamento estritamente para +30A PARTIR DE.

Na turfa

A turfa também pode ser usada para o armazenamento de tubérculos de dália no inverno. Para fazer isso, espalhe uma camada de turfa no fundo da caixa e espalhe as raízes das dálias sobre ela. Outra camada de turfa é espalhada sobre os tubérculos. Essas caixas só podem ser armazenadas em um porão ou porão, onde não haja acesso à luz e variações bruscas de temperatura.

Em serragem

Você pode guardar os tubérculos da dália na serragem até a primavera. O único requisito para tal enchimento é o tamanho dos segmentos. É melhor usar aparas de madeira de coníferas para armazenamento. Não vai absorver a umidade do meio ambiente e das próprias raízes. Despeje a serragem em um recipiente de madeira ou plástico com passagem de ar. O uso de sacos plásticos lacrados para preservação das raízes não é permitido, pois a falta de ventilação pode levar ao seu apodrecimento.

Em parafina

Para alguns residentes de prédios de apartamentos, a questão de armazenar dálias em condições ambientais é especialmente grave. Para eles, existe a maneira mais trabalhosa, mas eficaz de armazenar raízes de dália, na qual a parafina é usada.

A principal vantagem da parafina é sua estanqueidade. Impede que as raízes absorvam a umidade e a evaporem. Com o uso desse material, os tubérculos não secam e não apodrecem. Fungos, bactérias e vírus patogênicos não se desenvolvem sob a camada de parafina.

Você pode "embalar" tubérculos de dália em parafina da seguinte forma:

  • Velas ou parafina são moídas em aparas (você pode ralar em um ralador grosso) e depois despejadas em um recipiente, no fundo do qual há um pouco de água.
  • O recipiente com parafina é colocado em banho-maria para derreter. O resultado deve ser uma camada de líquido viscoso de 2 a 5 cm.
  • É necessário imergir as raízes na parafina por apenas alguns segundos. Tirando-os do recipiente, você pode ver uma película de parafina que protegerá os tubérculos de fatores externos durante o armazenamento no inverno.

Os tubérculos em parafina podem ser colocados em caixas, baldes ou sacos, embrulhados em papel alumínio. A peculiaridade desse método de armazenamento é a germinação prematura dos tubérculos. Portanto, é recomendável usar o método para variedades precoces.

Um exemplo de como preservar as dálias no inverno usando parafina é bem descrito no vídeo:

Importante! Apenas raízes pequenas e divididas podem ser "mergulhadas" na parafina, caso contrário, uma grande quantidade dessa substância será necessária.

Vermiculita para armazenamento de tubérculos

A vermiculita é um material natural que não é higroscópico e pode substituir a parafina em suas propriedades. Para armazenar tubérculos de dália, é recomendável usar vermiculita grossa. Você pode encontrá-lo na loja agrícola. Uma camada de vermiculita é despejada em um recipiente hermético e tubérculos são colocados em cima dele, polvilhando com outra camada por cima. Portanto, encha todo o recipiente e feche-o com um filme ou tampa lacrada.

Conclusão

Independentemente do enchimento, os recipientes com raízes devem ser colocados em local fresco e escuro com o nível de umidade recomendado. Caso contrário, as raízes vão secar ou, ao contrário, germinar prematuramente. Se em uma casa privada o problema de armazenamento pode ser resolvido simplesmente colocando recipientes em um porão, porão ou, em casos extremos, em um corredor frio, então em um apartamento pode se tornar um problema real. Claro, as caixas podem ser instaladas na varanda, mas ao mesmo tempo a probabilidade de seu congelamento permanecerá sempre. Para evitar o congelamento, os recipientes são trazidos para a sala, colocados na varanda ou na porta da frente (no local mais fresco). Essas flutuações de temperatura afetarão a qualidade das raízes. Uma bainha de parafina e um abrigo de isolamento térmico podem suavizar o efeito negativo. Em casos extremos, o armazenamento de dálias em um apartamento pode ser feito na geladeira, no entanto, é improvável que um grande número de tubérculos possa ser colocado na geladeira.


Assista o vídeo: Como usar o câmbio automático corretamente