Ranho de panturrilha: causas, tratamento

Ranho de panturrilha: causas, tratamento



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

O gado jovem é mais suscetível a doenças do que os adultos. Isso se deve ao fato de que, em um estágio inicial de desenvolvimento, o sistema imunológico ainda não é capaz de resistir a vários patógenos. Portanto, todo criador de gado deve prestar atenção aos sinais de alerta em tempo hábil. Se o bezerro apresentar ranho, este sintoma não deve ser ignorado, pois em alguns casos pode indicar sérios problemas de saúde.

Lista de verificação das razões pelas quais o filhote Snot flui

Vários fatores podem provocar o aparecimento desse sintoma. Portanto, antes de tratar o muco em um bezerro, você precisa estabelecer a causa raiz de seu aparecimento. Afinal, o sintoma nem sempre indica um resfriado.

Alergia

O ranho de bezerro pode ser uma reação a um alérgeno. Na maioria das vezes, isso se deve à introdução de suplementos dietéticos na dieta do animal. As alergias podem ser desencadeadas por:

  • alta concentração de proteína na ração;
  • substituto do leite de soja;
  • alimentos complementares de baixa qualidade.

O bezerro pode desenvolver essa reação a medicamentos que foram usados ​​para tratar outra doença. E também para repelentes de insetos e produtos de cuidado.

Importante! A escolha de suplementos dietéticos para animais jovens deve ser abordada de forma razoável, uma vez que a compra de ração não certificada acarreta custos adicionais para o tratamento.

É possível determinar o que é o alérgeno somente graças às observações pessoais do criador. Portanto, o veterinário primeiro pergunta ao proprietário que mudanças ocorreram nas condições de alojamento e alimentação, após as quais o bezerro apresenta muco.

Sinais adicionais de alergia podem confirmar o diagnóstico, como:

  • erupção cutânea pequena;
  • placa na língua;
  • diarreia ou prisão de ventre;
  • inchaço da pele.

A alergia alimentar é generalizada em bovinos

Doenças respiratórias

O muco da panturrilha pode indicar uma infecção respiratória superior. Qualquer atraso complicará muito a situação. Portanto, antes de tudo, é necessário chamar um veterinário que confirmará ou negará os medos.

Broncopneumonia

Esta doença é típica de bezerros no primeiro ano de vida. Segundo as estatísticas, é diagnosticado em 25-30% dos animais jovens. Na maioria das vezes, a broncopneumonia se desenvolve durante o desmame, engorda, criação. A falta de tratamento oportuno pode levar a consequências irreversíveis.

Na broncopneumonia, os brônquios e os pulmões são afetados inicialmente, nos quais o exsudato seroso se acumula. Como resultado, isso se manifesta por coriza e tosse.

Os principais fatores provocadores:

  • frio;
  • estresse;
  • falta de vitamina A;
  • falta de caminhada;
  • uma mudança brusca de temperatura.

Um diagnóstico preciso só pode ser feito por um especialista com base em sinais clínicos e exames laboratoriais. Com o tratamento oportuno, o bezerro se recupera em 7 a 10 dias.

Pneumonia

Esta doença afeta animais jovens entre dois e cinco meses de idade. O principal fator provocador é o desmame da vaca, com o qual a imunidade do bezerro diminui. Além disso, a pneumonia pode se desenvolver com a manutenção conjunta de animais jovens de diferentes idades.

O primeiro sinal de pneumonia é depressão e diarreia. Posteriormente, o bezerro desenvolve ranho abundante, tosse, a respiração acelera até 60 respirações por minuto e a temperatura aumenta drasticamente.

Tuberculose

Uma doença perigosa causada pelo bacilo de Koch. A infecção ocorre por meio de gotículas transportadas pelo ar, bem como por meio de água e alimentos. Em bezerros, a tuberculose se manifesta de forma aguda, que é acompanhada por secreção abundante de muco.

Sintomas adicionais:

  • pele seca;
  • alta temperatura estável - cerca de 40-42 graus;
  • falta de apetite;
  • respiração ofegante ao respirar.

A tuberculose não tem cura. O animal infectado deve ser abatido com posterior descarte.

Importante! Esta doença representa um perigo para a saúde humana, portanto, se houver sinais suspeitos, é necessário tomar precauções.

Dictiocaulose

Doença parasitária que se desenvolve no contexto da penetração do nematóide Dictyocaulus viviparus no corpo do animal. No estágio maduro, localiza-se nos ramos médios e pequenos dos brônquios, bem como na área dos lobos diafragmáticos posteriores dos pulmões. O nematóide parasita o corpo de bezerros de 1,5 a 12 meses.

O principal sinal de invasão é um estado geral deprimido e uma diminuição gradual do apetite. Com o desenvolvimento da doença, a panturrilha desenvolve tosse com respiração ofegante e falta de ar, além de muco mucopurulento espesso.

Importante! Na ausência de terapia adequada para a dictiocaulose, o bezerro subsequentemente morre de exaustão, com sinais óbvios de intoxicação.

Doenças infecciosas

O ranho na panturrilha pode ser um sinal de infecção. Os agentes causadores são vários microrganismos patogênicos. O perigo das doenças infecciosas é que elas se desenvolvem rapidamente e podem levar à infecção de todo o gado.

As doenças infecciosas manifestam-se na maioria das vezes não apenas por coriza, mas também por febre.

Colibacilose

Esta infecção é mais comumente diagnosticada em bezerros com menos de oito meses de idade. O agente causador é a Escherichia coli, que entra no corpo por meio de equipamentos sujos.

Quando infectado, o animal desenvolve diarreia debilitante com impurezas sanguinolentas e mucosas. Com o desenvolvimento posterior, ocorrem alterações patológicas nos pulmões e brônquios, portanto, aparecem ranho e respiração rápida. Uma temperatura corporal baixa também é registrada - cerca de 32-34 graus. A colibacilose pode causar a morte de um animal se a terapia não for realizada em tempo hábil. Os bezerros recuperados ficam visivelmente para trás no crescimento.

Estágio subagudo da pasteurelose

O agente causador da infecção é Pasteurella multocida. É transmitido por gotículas transportadas pelo ar e, com menos frequência, por meio de alimentos e bebidas. Um bezerro infectado produz muco seroso-purulento com impurezas do sangue. Você também pode identificar uma infecção por tosse seca, febre e a presença de áreas inchadas no pescoço, barbelas e membros.

Dermatite nodular

A doença é caracterizada pelo aparecimento de caroços na pele. O agente causador são vírus contendo DNA. O período de incubação dura de 3 a 30 dias.

Sinais iniciais da doença:

  • alta temperatura - cerca de 40 graus;
  • muco abundante líquido;
  • lacrimação.

48 horas após o início dos primeiros sintomas, nódulos subcutâneos redondos com altura de 0,5 cm se formam no corpo do animal, após várias horas, inicia-se a necrose das áreas afetadas da pele.

Violação de regras de conteúdo

A razão para o aparecimento de ranho em um bezerro pode ser uma violação das regras básicas de manutenção. A inflamação do trato respiratório superior contribui para:

  • alta umidade do ar;
  • falta de ventilação;
  • cama molhada;
  • o desenvolvimento do fungo no celeiro;
  • falta de caminhada regular.

Na presença de pelo menos algumas das condições listadas nos jovens, a imunidade é significativamente reduzida. E isso pode levar a doenças mais graves.

O que fazer se os bezerros tiverem muco fluindo

Quando o muco aparece, é necessário transferir o animal para uma sala separada e quente. Você também deve fornecer uma dieta completa, consistindo de ração facilmente digerível na forma de um purê de aveia moída e farelo. É importante garantir que haja sempre água limpa no bebedouro. Para o tratamento de coriza, é necessário enxaguar com soda carbônica.

Em caso de alergia, o veterinário prescreve anti-histamínicos, bem como complexos vitamínicos para aumentar a imunidade.

Para o tratamento de infecções e resfriados, uma terapia complexa com antibióticos e imunomoduladores é usada. Essa combinação tem um efeito depressivo sobre a microflora patogênica e aumenta a resistência do corpo aos seus efeitos.

Apenas um veterinário pode determinar a causa do aparecimento de ranho em um bezerro, então você não deve atrasar o tempo e se automedicar

Medidas de prevenção

Para preservar os jovens e eliminar a probabilidade de desenvolver doenças, é necessário seguir regras simples.

Ações preventivas:

  1. Desinfete equipamentos e ferramentas de tratamento de animais regularmente.
  2. Substitua o lixo sujo em tempo hábil.
  3. Fornece caminhadas ao ar livre para animais.
  4. Realize a vacinação oportuna de animais jovens.
  5. Compre apenas alimentos de alta qualidade e suplementos dietéticos certificados.
  6. Fornece alojamento separado para animais de diferentes idades.
  7. Aplique complexos vitamínicos para manter a imunidade.
  8. Equipe o alojamento do bezerro com ventilação.
  9. Realize desparasitação em tempo hábil.

Conclusão

Em um bezerro, o ranho é um sinal de que algo não está bem no corpo do animal. Quanto mais cedo a causa da condição for estabelecida, menos danos ela causará à saúde do animal. Como você sabe, qualquer doença é mais fácil de tratar na fase inicial de desenvolvimento.


Assista o vídeo: Caimbra na pantuuu